Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Como a micropigmentação de aréolas ajuda na autoestima das mulheres

Há serviços que envolvem estética que são vistos como mero ato de vaidade, cada dia surgem novos procedimentos, assim como a micropigmentação. Entretanto, a micropigmentação de aréolas tem se mostrado como uma ferramenta para resgatar a autoestima de muitas mulheres.

A técnica consiste em fazer a reconstrução ou correção de aréola ou mamilo de mulheres que fizeram tratamento contra o câncer de mama. Depois de um processo doloroso, que muitas vezes resulta em mutilação de uma ou das duas mamas, é um procedimento que resgata não somente a estética como a confiança dessas mulheres.

Saiba mais sobre essa técnica e como ela tem mudado a autoestima das mulheres.

O público-alvo de micropigmentação em aréola e mamilo

Como dissemos, são as mulheres que passaram por tratamento contra o câncer que desejam fazer o procedimento, sendo assim, elas vêm com um histórico de um processo de sofrimento físico e emocional. O tratamento desgasta o corpo por conta da intensidade da ação dos medicamentos e, em alguns casos, é necessário retirar a mama para assegurar a cura.

A reconstrução da mama

Depois que terminam seus tratamentos, as mulheres têm o direto de procurar atendimento médico para fazer a reconstrução da mama com próteses. Nesse contexto, entra a necessidade de refazer o desenho da aréola e do mamilo, sendo assim, a micropigmentação é uma técnica capaz de trazer resultados naturais e satisfatórios para as clientes.

A técnica atinge as camadas superficiais da pele, não prejudicando em nada a saúde. Além disso, o trabalho é feito de forma detalhada para o desenho ser realista. Por exemplo, ainda que seja em apenas uma das mamas, o ideal é ajustar a outra para que os tons fiquem parecidos e o resultado mais natural.

A micropigmentação paramédica e a retomada da confiança

Com a reconstrução dos seios de uma forma menos dolorosa e com resultados naturais e realistas, as mulheres passam a retomar aos poucos a sua confiança e autoestima. São muitas perdas durante o tratamento, como efeitos na textura da pele, perda dos cabelos e sobrancelhas, então, o processo de recuperar tudo isso resgata essa confiança.

Essas mulheres se sentem mais bonitas e têm o prazer de olhar no espelho e se sentirem “normais” novamente, sem traços tão apresentáveis de um período que já foi vencido.

A estética e a autoestima

Seja em histórias como essas, de mulheres que trataram câncer de mama, ou outras, por conta de acidentes ou outras doenças, os procedimentos estéticos são fundamentais para recuperação da autoestima. Mais do que mera vaidade, muitas vezes se transformam em ferramentas para ajudar a recuperar a autoestima.

Viu como a micropigmentação de aréolas ajuda na autoestima das mulheres? As técnicas mais modernas de reconstituir uma parte do corpo tão importante para mulheres que a perderam.

De um lado, um tratamento que traz inúmeras alterações no organismo, de outro, a necessidade de passar por uma mastectomia. Nesse sentido, a micropigmentação se torna uma ferramenta para recuperar o que foi perdido, inclusive em relação ao emocional dessas mulheres: a sua autoestima.